You are currently browsing the tag archive for the ‘nada’ tag.

Como o vazio que a preenche toda.
O cigarro que já perdeu o gosto há horas e continua aceso entre os dedos, enquanto ela se olha no espelho do banheiro ouvindo a água do chuveiro, se pergunta sem resposta qual é a razão de tanta dor. Se vê bonita e com medo do fato de nada mais fazer sentido.
Sente-se bem assim, mesmo que doa, ainda que arda. Queima, uma a uma, toda necessidade de tentar traduzir em palavras o que sente e o que sentiu.
O cigarro continua aceso encara-se mais uma vez e ri.

“Hey babe take a walk on the wild side. And the colored girls go doo do doo do doo do do doo”
agosto 2017
S T Q Q S S D
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

categorias

contando

  • 9,834 clicks