You are currently browsing the tag archive for the ‘é’ tag.

Honestamente eu não entendo o porquê do masoquismo. Porque isso é masoquismo, ou você acha que tudo vai acabar bem e sem dores, sem choro? Maldita síndrome de adolescente que ainda te guia, malditos aprendizados que não vieram com os erros. Pra quê pensar, não é? Vamos viver! Vamos viver, não evite nada! Não evite nada, e depois agüente aí, porque ele não vai estar lá pra segurar suas lágrimas quando essa história toda virar o rebuliço que todos te dizem. Ele não vai estar lá com você, não vai te ligar no meio da semana. Não vai mais te fazer carinho na frente dos amigos. Ah, estou sendo pessimista? Não seja burra! Uma coisa é ter chances de ser feliz, de dar certo. Agora, quando você me diz ser otimista numa situação em que o final feliz é mais improvável que o buraco da camada de ozônio se fechando, eu só posso pensar que você perdeu a cabeça completamente. Essa sua mania de sempre querer “viver a coisa” (como você sempre diz) vai acabar te enlouquecendo, você vai se dar mal mais quantas vezes? Tá, então, eu lavo minhas mãos, o problema é seu! Mas eu te garanto, vai doer. Já está começando a doer, negue! Eu sei que está, só você ainda não se olhou no espelho. Mas é assim mesmo, continue com essa capa de durona, você vai longe! Já cansei dos seus poemas e músicas pra essa gente que não se importa com você! Cansei de te ver passando por cima do seu orgulho. O quê, aliás, eu nem sei se você tem, impressionante. Eu até acho que ele gosta muito de você, você é uma ótima companhia pra ele, seu ar de menina curiosa renova os ânimos, sabe? Sem contar a parte física, e toda a coisa enorme que envolve tudo isso. Só que eu não posso me calar diante de você entrando nessa estradinha que eu não sei se dá num penhasco ou numa cidade, ou numa praia, ou num rio poluído. Você gosta de sofrer, não é? Não, eu não te entendo. Você me diz que não vai passar dos limites sentimentais, e espere que eu acredite, sendo que nem você sabe se acredita mesmo. Siga em frente. Aproveite todos os momentos que puder ao lado desse cara, mas tente mudar esse rumo para a amizade, SÓ pra amizade, por favor. Eu não sei se agüento esse seu cotovelo destroçado de novo, tão cedo.

Anúncios
outubro 2017
S T Q Q S S D
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

categorias

contando

  • 9,878 clicks